domingo, 28 de agosto de 2011

tenho-me apercebido de que, nos dias de hoje são raras as pessoas que possuem em primeiro lugar o interesse pelo interior do próximo, a preferência pelo seu intimo ao seu exterior. todos sabemos que ‘amo-te’, que ‘gosto muito de ti’ e por aí fora são coisas fortes que sabemos dizer com muita facilidade. são palavras que dizemos para demonstrar o que sentimos pelo outro, mas sabemos também que poucos os casos em que são ditas com sinceridade. pois hoje em dia é comum serem utilizadas como meio para satisfazer uma atracção física. há muita gente por aí que tem o cérebro noutra parte do corpo, e no meio disso tudo é a amizade a mais desperdiçada proveniente das chamadas ‘segundas intenções’ por detrás das acções. a atracção física existe, não podemos negar isso. mas também não nos podemos iludir por ela, para mais tarde não cairmos em abismos. o corpo pode até agradar-nos, mas não passa apenas de um instrumento para a expressão do amor, sem o corpo não haveria demonstração do nosso afecto. e o amor é somente interior, pois não se expressa pela pele, pelos músculos ou pelo peito. o amor expressa-se pelo olhar! isso sim abre as portas para o interior um do outro. porque se for verdadeiro e durar, anos e anos vão passar. nos vamos envelhecendo, o corpo “desaparece” e a única coisa que nos resta é o amor, não a atracção física, ou seja, se o amor fosse exterior também desapareceria. é por isso que tenho a opinião de que somente nos devemos envolver depois de conhecermos a pessoa, e aí sim, amarmo-la pelo que ela é. se partirmos para uma relação baseada no físico, no inicio tudo correrá ás mil maravilhas. mas é com o passar do tempo que vamos conhecendo interiormente a pessoa que temos ao nosso lado e que nos apercebemos que se calhar ela não é assim tão perfeita como alguma vez havemos pensado. no fim de tudo não é esquecer, pois nunca nos conseguiremos libertar do passado. o passado é o passado e sempre será. sempre fará parte das nossas vidas.  só temos de encarar o bom como sorte e orgulho, e o mau como maneira de aprender. porque se um erro nos serviu de lição, quer dizer que aprendemos com ele, e são eles quem mais nos ensinam. como diz o tão conhecido ditado “passamos a amar não quando encontramos uma pessoa perfeita, mas quando aprendemos a ver perfeitamente uma pessoa imperfeita” e isto só é possível conhecendo-a não é? a necessidade um do outro, o desejo ardente que ambos partilham, o ‘amo-te’ da maneira mais doce do verbo amar, o futuro incerto mas mesmo assim inquietante, as noites feitas de planos, de momentos, de abraços, de beijos e de diálogos, os olhares em segredo, os corações a pulsarem forte, as loucuras, as surpresas, os sacrifícios, os dias que começam a encher o céu de um azul livre e sereno, e uma pitadinha de timidez para complementar, tudo isto só é possível com amor. no fim disto tudo, digam-me: há coisa melhor do que dizer amo-te olhos nos olhos á pessoa que amamos?

texto feito por mim e por um amigo meu, o nuno vidal.

70 comentários:

Sofia Moreira disse...

adorei :)

joão miguel disse...

não há palavras... que excelente trabalho! :o
parabens aos dois. têm uma maneira de pensar muito diferente das comuns hoje em dia.

sílvia sampaio. disse...

obrigada amor :$ temos mesmo

rafaela sofia disse...

adorei! está muito lindo mesmo.
parabéns querida*

Sofia Moreira disse...

encontrei mesmo :) e obrigada

Anónimo disse...

conseguiste por o blog tal e qual como querias :o
tu não desistes mesmo oh perfeccionista!

sílvia sampaio. disse...

ahah cisal, obrigada pela tua ajuda x)
sabes que não sou pessoa de desistir

rafaela sofia disse...

muito obrigada eu pelas palavras! é preciso ter imensa força, nisso podes ter toda a certeza. muito obrigada mais uma vez querida :)

rafaela sofia disse...

fica sp bem! beijinhos*

Isabel disse...

Uau, o texto está mesmo lindo. Adorei.
Muito obrigada, é óptimo saber isso.
E claro que te vou seguir.

Ana disse...

deixa mesmo!
também sigo e bem vinda ao meu cantinho...

Rita Farinha disse...

Obrigada, gosto imenso do teu blog :)

InêsSequeira . disse...

de nada :')

m ; disse...

ooh , muito obrigado querida.
tu também escreves muito bem mesmo , sigo *

Je'ssica disse...

Parabéns aos dois :)
Muito bom

milene mateus. disse...

que grande texto !

andreia disse...

no separador «selos» tem la um selo para ti, aproveita e passa lá (: beijinho !

milene mateus. disse...

sem dúvidas, uma grande banda *-*

Deíía Ribeiro' disse...

GOSTEI :)

Deíía Ribeiro' disse...

Não escrevo melhor que tu acredita o; , mas obrigada;)

Patrícia disse...

está muito bonito Silviia!

Rodrigo. disse...

gostei do blog e ja estou a seguir

Patrícia disse...

muito obrigada :)

Deíía Ribeiro' disse...

não tem mal nenhum , depois eu apanho-te lá (a) beijinho.

andreia disse...

os selos, sao para o teu blogue ser identificado e depois, se quiseres e pretenderes, passas aos teus seguidores para eles colocarem no teu proprio blogue, e assim o teu blogue ser divulgado, entendes ?

MarcelaMaia disse...

Sigo :)

andreia disse...

aahha ainda bem :b cria o teu (: e depois passa-o se fizeres a questao eheh

filipa (: disse...

mesmo! podes crer -.-

Daniela disse...

adorei mesmo *-*
claro que estou a seguir, este 'grande' blog *-*
visita: http://castrodanniela.blogspot.com/
beijinhos, e continua*

MarcelaMaia disse...

Obrigada eu :)

andreia martins. disse...

gosto mesmo.
sigo. http://segredosvindosdoinfinito.blogspot.com

andreia martins. disse...

ó, obrigada eu querida. beijinhos e continua (:

Daniela disse...

Obrigada querida pelo comentário...
Felizmente nunca passei por isso, mas tenho casos na minha família, e tinha mesmo que escrever sobre isso :)
mas força linda :)
beijinhos, espero pelo próximo post*

sarasantos disse...

Gostei muito do que cá escreves é lindo *o*
Sigo*

sarasantos disse...

é mesmo e por vezes pensamos que falam a verdade e no final não é nada disso e fazemos figura de idiotas ;x
Desculpa ando com problemas no blogger e por vezes os seguidores não aparecem se não for incomodo tentavas de novo. ora essa obrigada eu e mais uma vez desculpa o incomodo mesmo ;c

sarasantos disse...

ahah é normal, acontece x)
é mesmo ;s mais uma vez, obrigada *-*

Mónica Monteiro disse...

Muito obrigado :]
É bastante bom receber um feedback tão positivo como o teu :)

Inês ☮. disse...

Silvia, obrigada pela resposta ao meu desafio, foi bastante original (:
Mas ocorreu um problema, eu já tinha feito uma pergunta muito idêntica noutro desafio e fui alertada por parte de duas seguidoras, não tinha dado conta que a pergunta já era repetida. Mais uma vez desculpa e se quiseres comentar esta nova pergunta, o teu comentário será bem vindo (:
Ps: Desculpa ter sido publicado já depois das 00.00( quinta-feira) quando o previsto era sera uma quarta. Mais uma vez desculpa :'c

Inês ☮. disse...

Também te segui :D
Adorei o textinho (:

Soraia disse...

adorei o post, obrigada por seguires querida. sigo-te também*

Soraia disse...

de nada princesa :)

words. disse...

Obrigado, as vezes tem que ser assim.

Kayra Biskowski. disse...

muito obrigada, também estou a seguir!
quando ao teu post, está fantástico. é bom saber que ainda há pessoas que pensam assim, parabéns aos dois :)

Kayra Biskowski. disse...

mas infelinzmente são raras as pessoas.

Anónimo disse...

Duas pessoas incomuns, juntas, da "isto" :$
(Ursinho)

sílvia sampaio. disse...

oiiin, ursinho :$ um "isto" muito importante
gosto de ti oh

Inês Quatorze disse...

obrigada querida :')
também gostei do teu blog, a começar pelo nome dele!

sofia coelho disse...

enfim, a nossa sociedade é assim, infelizmente. obrigada, também sigo o teu :)

Sara'C disse...

Obrigada pelo comentário, e obrigada por seguires.
Adorei o post e tmb te vou seguir :D

Tatiana disse...

sigo.te!

Lara disse...

adoro o teu blog !

Anónimo disse...

Parabens pelo blog! ;)

vitimadaescola.blogspot.com

Anónimo disse...

Silvia obrigada pelo teu comentario no meu blog. Tudo aquilo que disseste compreendi perfeitamente, pois ja passei por isso tudo. Sabes o que é melhor nessa historia toda? É que apsar de ter sofrido aquilo tudo, dou graças a deus porque hoje dou mais valor as coisas da vida. E quando acabei a escola e fui para a universidade tudo passou como se por magia. Foi uma sensação de liberdade incrivel.

PS: não sei pk mas não consigo deixar o comentario com a minha conta google.

vitimadaescola.blogspot.com

Sofia disse...

adorei o blog, vou seguir *-*

Sofia disse...

eu é que agradeço *.*

Letícia Santos disse...

adorei! sigo.

TDelMona disse...

Tens um blog que é uma doçura :)
Vou seguir *

Beijinho

TDelMona disse...

oh, obrigada fofinha. Escreves tão bem :o

*

TDelMona disse...

Oh, obrigada fofinha :)

nádia . disse...

vou seguir :')

Lúcia disse...

Adoro, adoro, adoro!
Escreves tão bem :o
Parabéns, vou seguir (:

Lúcia disse...

Adoro, adoro, adoro! Escreves tao bem :o
Parabéns, vou seguir (:

marta disse...

tudo o que vocês escreveram, não podia ser mais verdade. concordo plenamente, o texto está espectacular (:
Estou a seguir *

Rafaela disse...

escrita fantástica ;)
.boas reflexões

Jace disse...

gostei muito do blog e vou seguir (:

; diiana ♥ disse...

Poiis é , só não melhorámos se não quisermos *.*

inês disse...

gostei do teu blog, sigo-te*

inês disse...

obrigadaaa*

that girl disse...

parabéns aos dois, excelente!

Anónimo disse...

o melhor texto deste blog, mas sem duvida alguma!